Ocorreu um erro neste gadget

26 março 2012

REFERÊNCIA BIBLIOGRÁFICA PARA A PAZ




Brasília: UNESCO, Fundação Vale, 2008. 109 p.
ISBN: 978-85-7652-078-8
Download gratuito (PDF, 1.7 Mb)
Distribuição Institucional - Como Adquirir
Resumo: Edição revisada do livro texto do programa, que inclui referências conceituais e institucionais, como ainda o histórico de sua implementação desde o início, em 2000.

Acesse o site da UNESCO para saber mais informações e baixar gratuitamente:


13 março 2012

O DESCONFORTO ANDA SOLTO NO MUNDO!




Gente, o que que há com nós? Por que tanta brutalidade?

Quando realmente nos comportaremos como seres humanos?

Quando realmente nos humanizaremos?

Por que não usamos nossa preciosa alma para criar, amar, pacificar, tornar-se pessoa e buscar ser feliz?

Por que não assumimos o nosso papel de cocriação do Universo, mas assumimos o de destruidor?

Por que somos tão omissos, enquanto a vida lá fora pega fogo?

Por que insistimos em violentar, agredir, manipular, perverter, roubar, matar...gratuitamente ou não?

Necessitamos urgentemente mobilizar as redes sociais e toda a população para fomentar uma campanha séria contra a escalada da violência em nossa cidade-estado-país, esta situação já está ultrapassando todos os limites e a barreira do insuportável.

Será que não nos sentimos acuados e incomodados?

Porque as pessoas que tem uma consciência maior se calam?

Nos preocupamos com tantas banalidades e futilidades, por que não nos preocupamos com o que realmente importa, como bem disse Zélia Duncan em sua bela canção: "O desconforto anda solto no mundo e você sempre junto e você sempre atento ao que menos importa".

Vamos nos indignar, nos importar com o que realmente importa  na vida, que é a dignidade humana, não só à nível pessoal, mas no social e ambiental também.

Vamos agir, o momento agora é de ação-mobilização. Usemos nossas forças para sermos melhores e buscar o melhor para todos, a nossa irmandade em humanidades.

Sejamos mais solidários, inclusivos, amorosos, pacíficos uns com os outros, neste momento delicado que nossa cidade está passando!

Desenvolvamos  cada vez mais a  nossa preciosa inteligência,  cratividade,  vontade,  respeito,  ética, bom-senso, bem-querer, sensatez, compreensão, consciência, lucidez na forma de pensar, falar, sentir, intuir e agir!

Usemos nossas belas mãos para criar e construir ao invés de destruir!

Chega de roubos, assaltos, assassinatos, medos, estupros, corrupções, crimes, repressões, opressões, preconceitos, discriminações, maldades, picuinhas, políticas do pão e circo...

Conscientizemos-nos que a Paz e o Amor são as maiores possibilidades de educarmos-nos para que realmente sejamos mais humanos, dignos, poe-éticos e este-éticos!!!!

Amemos a vida, está tudo estranho, mas ela é bela! Nós é que nos cegamos prá o bem e o belo da vida! Abramos os olhos e se comprometa com alguma mudança!

Veja o clipe da música com a querida Zélia Duncan:

http://www.youtube.com/watch?v=3nVK_ZER-JY&feature=BFa&list=PL24A0C8AECF9B0B36&lf=results_main