Ocorreu um erro neste gadget

29 março 2010

MONOGRAFIA SOBRE: EDUCAÇÃO EM ARTES VISUAIS: CAMINHO PARA CONSTRUÇÃO DE UMA CULTURA DA PAZ E NÃO-VIOLÊNCIA ATIVA

Olhar em Busca da Paz- Jai Brasil - 2009

Há pouco tempo fiz uma extensa pesquisa sobre Educacao, Arte e Cultura da Paz para a conclusão do curso de Especialização em Arte-Educação da UFBA (Universidade Federal da Bahia), ela foi aprovada e assim que publicar coloco mais informações sobre a mesma no blog, abaixo segue o resumo da monografia:

 
RESUMO DA MONOGRAFIA

A presente monografia intitulada Educação em Artes Visuais: caminho para construção de uma Cultura de Paz e Não-Violência Ativa reúne informações e reflexões sobre a pesquisa teórica qualitativa com um estudo de caso comparativo tendo como objeto de referência a Escola Estadual Tereza Helena Mata Pires localizada na cidade de Salvador-Ba. Busca-se compreender os processos de ensino-aprendizagem da educação em artes e artes visuais aliados aos princípios de uma educação para a cultura de paz e não-violência ativa utilizando-se como referência teórica de arte e artes visuais: Ana Mae Barbosa e Rosa Iavelberg, etc.; da educação, destaco Paulo Freire, Edgar Morin e L. S.Vygotsky, etc.; da educação para a cultura de paz, destaco Pierre Weil e Xesús R. Jares, etc; da cultura de Paz: a UNESCO (Organizações das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura) e do programa da cultura da paz, destaco Roberto Assagioli/Ruth Brasil Mesquita. Tendo como objetivo a possibilitar o desenvolvimento de uma poética do belo e a estética do bem na vida cotidiana para que os educandos possam aprender a arte de viver em paz, tornando-se indivíduos mais sensíveis, reflexivos, críticos, conscientes e (re) criadores de um mundo mais pacífico, digno e humano. Sabemos que é um grande desafio educar pela paz, no contexto de extrema violência da sociedade atual, principalmente num ambiente escolar que vive as voltas com a realidade de uma cultura de violência. Porém, neste momento é urgente à construção deste essencial paradigma cultural, se quisermos uma sociedade e uma escola verdadeiramente democrática, inclusiva e de qualidade, a paz não pode ser mais negligenciada, devendo ser conquistada e incorporada paulatinamente e permanentemente por todos nós de acordo com a poética do belo e a estética do bem nas relações humanas e no cotidiano das suas atividades.


Palavras-Chave: Arte – Cultura – Educação – Estética – Paz – Violência.

Nenhum comentário: