Ocorreu um erro neste gadget

02 agosto 2010

MESTRE DA PAZ 4


Ruth Brasil Mesquita


Ruth Brasil Mesquita é uma importante psicóloga brasileira, baiana, foi uma das pioneiras no trabalho com a TVP (Terapia de Vidas Passadas) aqui no país; é uma trabalhadora ativa para a divulgação da doutrina espírita e da mensagem de amor, caridade, esperança e paz  do Mestre Jesus e contribui enormemente com o seu incansável trabalho para a construção da Cultura da Paz e Não-Violência.
Nesta sua sua bela trajetória de vida vem dedicando seu tempo para a divulgação desta tão almejada cultura, fundou o PROPAZ (Instituto Potência de Paz) que é uma intituição sem fins lucrativos, de natureza educacional, psicológica, social e cultural, sem caráter religioso e partidário que tem a missão de despertar o ser humano a perceber-se Potência de Paz de modo a contribuirpara a construção da Cultura da Paz e Não-Violência.
Para Ruth Brasil o PROPAZ sugestiona um Programa denominado de Paz na Escola que tem como objetivos: sensibilizar educandos e educadores como Potências de Paz; incentivá-los a contribuir com a paz mundial a partir de si mesmos a partir da harmonização nas dimensões física, mental e emocional e também de uma ação (ato) na dimensão social.
Psicografou com o auxílio do espírito de Roberto Assagioly o livro Reflexões sobre a Paz que funciona como um inestimável vade-mecum que nos ensina a refletir sobre as inúmeras possibilidades de construção e compromisso com a paz no cotidiano das atividades humanas.
Faz palestras, cursos,  participa de atividades, seminários, congressos...enfim,  realiza todo tipo de ação com o intuito da divulgação da paz e como conclusão de um belo trabalho de todo um ano, realiza no dia 31 de dezembro a Meditação pela Paz Mundial, onde todos podem participar do lugar em que estiverem, bastando apenas aquietar-se e sintonizar-se com o campo de ressonância mórfica da paz.
Para Ruth Brasil,  a Paz é o nosso futuro, é o novo, o atual, enfim, deve ser a nossa razão de viver mais realizadora, porque é a chave para a elevação de todos nós que pretendemos abrir as portas da nova consciência de ser humano como Potência de Paz.

Um comentário:

Edu O. disse...

Que bom reverenciar os mestres!