Ocorreu um erro neste gadget

13 agosto 2010

RELATÓRIO JACQUES DELORS



O Relatório de Jacques Delors


Os Quatro Pilares da Educação para o século XXI

O denominado e conceituado “Relatório Jacques Delors” resultou dos trabalhos desenvolvidos, de 1993 a 1996, pela Comissão Internacional sobre a Educação para o século XXI, da Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura (UNESCO), com a qual colaboraram educadores do mundo inteiro.

Publicado no Brasil sob o título de Educação - Um tesouro a descobrir (2000), este livro representa a síntese do pensamento pedagógico oficial da humanidade, neste final de milênio, já que foi formulado e lançado sob a chancela do órgão máximo responsável pelo setor educacional no planeta.

Portanto, se queremos mobilizar mudanças nos educandos e propor uma educação transformadora no século XXI, não podemos desconhecer ou desconsiderar esse Relatório.

De acordo com o Delors, a educação necessária ao século que se inicia poderia ser sintetizada em um de seus parágrafos:

"Para poder dar respostas ao conjunto de suas missões, a educação deve organizar-se em torno de quatro aprendizagens fundamentais que, ao longo de toda a vida, serão de algum modo para cada indivíduo os pilares do conhecimento", são eles:

1- Aprender a Conhecer: isto é adquirir os instrumentos da compreensão combinando uma cultura geral, suficientemente vasta, com a possibilidade de trabalhar em profundidade um pequeno número de matérias. O que também significa: Aprender a Aprender, para beneficiar-se das oportunidades oferecidas pela educação ao longo de toda a vida;

2- Aprender a Fazer: para poder agir sobre o meio envolvente; a fim de adquirir, não somente uma qualificação profissional mas, de uma maneira mais ampla, competências que tornem a pessoa apta a enfrentar numerosas situações e a trabalhar em equipe. Mas também aprender a fazer, no âmbito das diversas experiências sociais ou de trabalho que se oferecem aos jovens e adolescentes, quer espontaneamente, fruto do contexto local ou nacional, quer formalmente, graças ao desenvolvimento do ensino alternado com o trabalho;

3- Aprender a Viver Juntos: a fim de participar e cooperar com os outros em todas as atividades humanas;desenvolvendo a compreensão do outro e a percepção das interdependências - realizar projetos comuns e preparar-se para gerir conflitos - no respeito pelos valores do pluralismo, da compreensão mútua e da paz;

4- Aprender a Ser: via essencial que integra as três precedentes, para melhor desenvolver a sua personalidade e estar à altura de agir com cada vez maior capacidade de autonomia, de discernimento e de responsabilidade pessoal. Para isso, não negligenciar na educação nenhuma das potencialidades de cada indivíduo: memória, raciocínio, sentido estético, capacidades físicas, aptidão para comunicar-se.

É claro que estas quatro vias do saber constituem apenas uma, dado que existem entre elas múltiplos pontos de contato, de relacionamento e de permuta.

Você poderá saber mais sobre este relatório, acessando o link, abaixo:

Um comentário:

ednade disse...

Gostaria nde saber se Ruth mesaquita fará a meditação este ano ja todo fim de ano ela faz?