Ocorreu um erro neste gadget

05 maio 2011

DIA NACIONAL DA EDUCAÇÃO

Você considera a educação importante para o seu desenvolvimento pessoal e para o desenvolvimento de um país? Como a educação mudou a sua vida? 

Dia 28 de abril foi o "Dia Nacional da Educação", infelizmente só agora posto alguma informação sobre um dia e um assunto tão importante. Esta é uma data muito necessária para refletirmos sobre educação, embora todos os dias sejam dias valiosos para esta reflexão.

Todos nós sabemos que a Educação é um direito de todos e o caminho mais seguro para o desenvolvimento de um país e de cada um de seus cidadãos. Então uma reflexão aprofundada, crítica e contextualizada sobre os caminhos percorridos, os acertos e os erros devem ser viabilizadas por todos que realizam trabalho com e pela educação do Brasil.

Nunca é demais lembrar que a educação brasileira de acordo a Lei 9.304 de 20 de dezembro de 1996, denominada de Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional, no seu artigo que se refere a educação nacional, determina que: " A educação é um dever da família e do Estado, insirada nos príncipiosde liberdadee nos ideais de solidariedade humana, tem por finalidade o pleno desenvolvimento do educando, seu preparo para o exercício da cidadania e a sua plenificação para o trabalho.".

A educação brasileira melhorou muito no aspecto quantitativo, pois grande maioria da população já se encontra nas escolas, especialmente as crianças. Mas temos muito que melhorar e avançar no mais importante, que é o aspecto qualitativo, pois muitos brasileiros saem das escolas quase que semi-alfabetizados ou até mesmo como está sendo corriqueiro denominar "analfabetos funcionais", mostrando que muitos alunos passam pela escola sem, de fato, aprender (talvez, saibam ler e escrever , mas não sabem interpretar, ou seja, refletir, dimensionar e contextualizar sobre o que aprendeu).

Infelizmente esta é uma realidade facilmente constatada, sendo a educação um dever de todos segundo a  nossa LDB, penso que cada um de nós educadores, pais, políticos, empresários, enfim, cada educando e cidadão brasileiro pode contribuir com a melhoria da sua própria educação e da educação nacional como um todo. Ser mais responsável com o seu processo educativo, buscar e contar com o apoio de familiares, parentes e amigos, cobrar das autoridades políticas por uma educação de qualidade é um dever de cada um de nós.

Já que queremos educandos mais autonômos e responsáveis sobre si e sobre a sua atuação no mundo, a Educação para a Cultura da Paz e Não-Violência Ativa é uma excelente possibilidade que deve ser pesquisada e utilizada por todos nós educadores que desejamos uma educação de qualidade. A paz como caminho educativo e cultural, trabalhada como tema transversal, cotidianamente vem demonstrando para àqueles que a utilizam em seu processo de ensino-aprendizagem, um grande avanço na qualidade da aprendizagem dos educandos, nos bons resultados do trabalho dos educadores e na harmonia das relações e da convivência humana.

Bom, a questão agora é trabalhar para a paz e fazê-la acontecer, para que não fique apenas no plano do vislumbre, todos nós precisamos colocar  mãos à obra,  a educação precisa ser definitivamente um instrumento significativo e qualitativo no cotidiano escolar, servindo justamente como possibilidade de mudança e transformação  na vida das pessoas.

Segue abaixo dois links, um do site interessante da Editora Abril-Educar para Crescer, com informações bastantes relevantes sobre a educação brasileira e as possibilidades de orientação e  estudos para desenvolvimento da sua qualidade:


No mesmo site você pode ler depoimentos de artistas, intelectuais, políticos, dentre outros, falando como a educação mudou a sua vida. Aproveite o ensejo e publique nos comentários como ela também mudou a sua... Seria interessante trocarmos idéia sobre o assunto!


Nenhum comentário: